SBC apresenta projeto do 2º Bom Prato ao Estado

0
219

Com o intuito de levar alimentação de qualidade a toda região do Alvarenga e Alves Dias, o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, apresentou, na tarde desta quarta-feira (03/07/19), o projeto arquitetônico do segundo Bom Prato Dia & Noite à secretária de Desenvolvimento Social do Estado, Célia Parnes.

O encontro contou ainda com a presença da deputada estadual Carla Morando, e dos secretários Carlos Romero (Assistência Social) e Luciano Eber (Obras).

O novo espaço deverá ser implantado entre os bairros Alvarenga e Alves Dias, beneficiando os moradores daquela região. “O Bom Prato é um importante programa de inclusão social, no qual R$ 1 é o suficiente para fazer uma refeição balanceada, beneficiando principalmente moradores em situação de vulnerabilidade. E em São Bernardo é um grande sucesso, oferecendo desde sua inauguração, em 15/01, mais de 210 mil pessoas. Por essa razão, queremos implantar a segunda unidade para ampliar o seu atendimento”, explicou o prefeito Orlando Morando.

O projeto foi avaliado positivamente pela secretária Célia Parnes. “Para avançarmos, será necessário fazer uma análise junto ao governador João Doria para possibilitar a liberação de recursos para uma segunda unidade em São Bernardo”, afirmou a titular da Pasta de Desenvolvimento Social do Estado.

REFERÊNCIA – O Bom Prato Dia & Noite é referência em projeto de segurança alimentar no Estado de São Paulo. Todos os pratos são elaborados por nutricionistas e passam pelo rigoroso controle de qualidade do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), bem como das nutricionistas da Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Social do Estado, oferecendo arroz, feijão, proteína, salada, complemento, fruta de sobremesa e suco.

A unidade de São Bernardo está localizada na Rua Nicolau Filizola, 100, Jardim das Américas, ao lado do Poupatempo e próximo ao Terminal de Ônibus João Setti.

O restaurante funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 9h, no café da manhã, por R$ 0,50; a partir das 11h até o término da cota diária durante o almoço; e das 17h30 às 18h30, no jantar, ambos por R$ 1.

Crianças até seis anos não pagam.

 

Foto: Gabriel Inamine/PMSBC

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA