Sarampo faz primeira vítima fatal em SA. Secretaria realiza bloqueios vacinais

0
256

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou, na última quarta (09/10/19), a primeira morte causada pelo sarampo na região.

A vítima era um homem de 53 anos, morador de Santo André.

Segundo a pasta, até o dia 8, a região já teve 642 casos confirmados.

Outros 188 foram diagnosticados por critério clínico-epidemiológico.

Mas ainda não foram confirmados por exames laboratoriais.

Desde agosto, já são 12 mortes em decorrência de complicações pelo sarampo, incluindo três confirmadas nesta semana: uma bebê de dez meses, de Itapevi; a vítima de Santo André, e um menino de 1 ano, de Francisco Morato.

A Prefeitura de Santo André emitiu nota oficial sobre a primeira morte:

“A Prefeitura de Santo André informa que, para todos os casos de sarampo, suspeitos ou confirmados, a Secretaria de Saúde realiza bloqueios vacinais, que consistem em imunizar todas as pessoas que tiveram qualquer tipo de contato com o infectado (ou suspeito de infecção), com o objetivo de impedir a transmissão da doença.

O mesmo procedimento foi adotado em relação a este caso específico, do morador de 53 anos que veio a óbito.

A Prefeitura tem realizado ações intensificadas de vacinação por toda a cidade, visando a interrupção da cadeia de transmissão do sarampo. Nos últimos meses, foram realizadas diversas iniciativas, como forças-tarefa de imunização aos sábados em unidades de saúde, vacinação em locais como shoppings e estação de trem e ampliação de horário de funcionamento de alguns equipamentos de saúde.

Destacamos que todas as unidades de saúde de Santo André continuam oferecendo a vacina SCR (sarampo, caxumba e rubéola).”

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA