São Bernardo regulariza 579 moradias no Jardim Canaã

0
273

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, realizou a tão sonhada escritura dos moradores do Jardim Canaã, em solenidade realizada na manhã de domingo (11/08/19), no bairro, por meio do programa “A Casa é Minha”.

O ato contou com a presença do vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima, do secretário de Habitação, João Abukater Neto, demais secretários, lideranças e moradores.

Trata-se do primeiro bairro localizado em área de manancial a ser regularizado na cidade e a receber as licenças ambientais emitidas pela Secretaria de Meio Ambiente e Proteção Animal, por meio da Lei Municipal 20.463/2018.

No total, 579 casas vão receber escrituras neste bairro. Desde o início desta gestão, mais de 5.000 moradias foram regularizadas. Entre os núcleos beneficiados estão a Vila dos Poetas, o Jardim Belas Artes, a Vila Mariana, o FEI-Mizuho, o Conjunto Nova Baeta/Pai Herói, entre outros.

O objetivo desta administração é encerrar 2020 com cerca de 16.000 imóveis regularizados.

As escrituras têm custo zero para as famílias, pois a Prefeitura investiu R$ 500 mil na regularização deste bairro.

“Acompanhei de perto a história do Jardim Canaã, desde o início da minha vida pública como vereador e depois como deputado estadual. A luta desses moradores para a aprovação da Lei Específica da Billings, o que deu o fundamento jurídico para a regularização. Costumo dizer que este programa me emociona e alegra, pois depois de construir suas casas com tanto esforço, dá a segurança jurídica necessária para as famílias”, afirmou o chefe do Executivo.

Mais do que realizar o sonho da casa própria, o secretário de Habitação, João Abukater Neto, crê que a regularização é uma ação transformadora positiva para toda a cidade. “Quando uma casa está irregular, o seu valor está depreciado e não há garantia real de posse. Desta forma, não pode deixar o imóvel como herança para filhos e só consegue vender por um valor bem abaixo do mercado. Regularizar uma moradia é mais do que realizar o sonho de uma família: é injetar recursos na economia do município. Com o documento oficial, o valor do imóvel aumenta, além de o morador poder buscar financiamento para fazer melhorias em sua casa”, disse.

Foto: Omar Matsumoto/Divulgação PMSBC

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA