Policlínica Centro, em SBC, atende até às 22h

0
227

Com objetivo de garantir horário alternativo para atendimentos especializados, a Prefeitura de São Bernardo ampliou na última segunda-feira (09/09/10) o horário de funcionamento da Policlínica Centro (Avenida Armando Ítalo Setti, 402) para até às 22h.

Antes, os serviços agendados podiam ser realizados das 7h às 19h na unidade.

A expectativa é aumentar em 40% o volume de atendimentos, totalizando cerca de 15 mil consultas realizadas por mês.

Os serviços são oferecidos de segunda a sexta-feira no local.

O horário estendido será destinado exclusivamente aos atendimentos em especialidades. Os agendamentos de consultas e os programas, como Serviço de Infectologia e Atenção em DST, Aids, Hepatites Virais, Hanseníase e Tuberculose, Centro de Testagem e Aconselhamento HIV, Sífilis, Hepatites Virais B e C e Reabilitação Lipodistrófica, seguem sendo realizados de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

“Estamos ampliando o horário de funcionamento, com o objetivo claro de atender mais e melhor. Não tenho dúvida de que, desta forma, vamos facilitar o acesso às especialidades médicas e diminuir o tempo de espera por consultas”, destacou o prefeito Orlando Morando.

Atualmente, a unidade conta com cerca de 180 mil pacientes ativos, atendidos por equipe de 227 funcionários, sendo 73 médicos, 50 profissionais de enfermagem, além de fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo, fonoaudiólogo, assistentes sociais, entre outros.

De acordo com o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple, a medida também visa reduzir a demanda reprimida nas especialidades de Gastroenterologia, Endocrinologia, Neurologia, Hematologia, Dermatologia, Ortopedia, Alergia e Oftalmologia. “Nosso calcanhar de Aquiles hoje são as especialidades. Com esta abertura, estamos focando nas áreas que temos mais dificuldades. Para isso, mudamos a forma de contratação e, agora, vamos conseguir suprir estas necessidades”, completou.

Além da Policlínica Centro, que realiza atendimentos agendados em diversas especialidades, quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) também tiveram atendimento expandido até às 22h (Vila São Pedro, Alvarenga, Vila União e Taboão), por meio do programa Saúde na Hora, do governo federal.

O objetivo é reduzir os índices de absenteísmo e ampliar o acesso da população aos serviços da Atenção Primária, como consultas médicas e odontológicas, coleta de exames laboratoriais, vacinação, entre outros.

A projeção é de aumento de 20% a 30% no número de atendimentos.

 

Foto: Ricardo Cassin/PMSBC

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA