Morando diz que governo é marcado pela transparência e verdade

0
198

O prefeito de São Bernardo utilizou a rede social para se defender da acusação da Polícia Federal de que ele usou a Fundação ABC – que presta serviços de Saúde- para acomodar empresas de alimentação em cinco contratos que totalizam R$ 37 milhões.

Outras  15 pessoas também são acusados de corrupção passiva e fraude em licitações.

A Polícia Federal inclusive pede o afastamento de Morando do cargo.

A notícia foi divulgada na Rádio CBN.

Segundo Orlando Morando, o seu governo é marcado pela transparência e pela verdade.

Ele cita que as contas da campanha foram aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral e os contratos investigados na operação foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado.

“A maior prova é que a Justiça mandou uma das empresas contratadas no governo Luiz Marinho, do PT, devolver R$ 5,2 milhões para a Prefeitura”, afirma.

O chefe do Executivo diz ainda que toda mudança gera desconforto, porém têm confiança nas decisões que tomou à frente da Prefeitura.

No documento obtido pela emissora da Capital, a Delegacia de Repressão à Corrupção e Crimes Financeiros aponta que os atos mantiveram uma “rede criminosa de lucro decorrente do desvio de recursos públicos”.

Além disso, as investigações não são de hoje.

 

Ouça o áudio do prefeito Orlando Morando:

 

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA