Morando ameaça lacrar bancos e fecha Lojas Americanas

0
675

Em continuidade às ações de combate à proliferação do Coronavírus (COVID-19), a Prefeitura de São Bernardo lacrou, na tarde desta quarta-feira (08/04/20), unidade da Lojas Americanas localizada na Rua Marechal Deodoro, no Centro da cidade.

Fiscalização realizada pela Vigilância Sanitária, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), constatou desde aglomeração de pessoas no local até ausência de medidas de proteção para evitar a contaminação de funcionários e clientes.

Vistoria da equipe da Vigilância Sanitária considerou que o estabelecimento comercial descumpriu o decreto n° 21.114, de 22 de março de 2020, permitindo a formação de filas nas partes interna e externa da loja sem o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os clientes.

Outra falha apontada foi a ausência de álcool em gel para a desinfecção das mãos dos consumidores e a falta de limpeza dos carrinhos destinados às compras.

Além disso, foi observado que os funcionários atuavam sem qualquer equipamento de proteção, como máscaras e luvas, com risco de contaminação.

A gerência da Lojas Americanas foi orientada a respeito da necessidade de adequação às medidas estabelecidas no decreto n° 21.114 antes de solicitar a reabertura da unidade junto à Vigilância Sanitária.

Em entrevista à Rádio Eldorado, o prefeito Orlando Morando ameaçou lacrar agências bancárias que infringirem as normas sanitárias.

Ele disse que vai endurecer a fiscalização a partir desta quinta-feira.

“Eu, como prefeito de São Bernardo, digo que os usuários dos bancos são desrespeitados pelas agências e seus gerentes. Estão permitindo filas do lado de fora, não fazem nada, acumulam pessoas dentro, não oferecem álcool em gel. Banqueiros: tratem as pessoas como elas merecem, com respeito e dignidade. Eu defendo o modelo liberal e capitalista, não sou socialista, mas respeitem nessa pandemia as pessoas. O sistema bancário brasileiro tem tratado as pessoas como animais, e não vou tolerar mais isso na minha cidade”.

OUTRAS VISTORIAS – Nesta quarta-feira (08/04), as equipes da Vigilância Sanitária de São Bernardo realizaram vistorias em 36 estabelecimentos comerciais da cidade, sendo a maioria deles grandes redes de supermercados, como Carrefour, Extra, Morando, Atacadão, Vencedor e Bem Barato.

Nestes casos, foi constatado que todas as unidades implantaram ações preventivas a fim de conter o avanço da pandemia causada pelo COVID-19.

Todos os estabelecimentos vistoriados terão de apresentar, no prazo de até 24 horas, plano de contingência que contemple as medidas de prevenção adotadas.

Isso porque, apesar de não serem observadas irregularidades, houve constatação de circulação de pessoas com acompanhantes, tais como idosos e crianças, o que vai contra a recomendação do Ministério da Saúde em relação ao distanciamento social.

As equipes da Vigilância Sanitária voltarão aos locais visitados para verificar o cumprimento do decreto n° 21.114.

AÇÃO – Desde o início da pandemia causada pelo Coronavírus, a gestão do prefeito Orlando Morando vem desenvolvendo trabalho contínuo em diversas frentes para coibir a disseminação da doença na cidade.

Todas as ações são norteadas por decretos, que podem ser conferidos nas edições do jornal digital Notícias do Município, por meio do endereço eletrônico https://www.saobernardo.sp.gov.br/imprensa-oficial.

 

Foto: Gabriel Inamine/PMSBC

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA