Denuncie na hora certa os preços abusivos cobrados pelo álcool gel e máscaras

0
144

Muitos serviços sofreram alterações nesse período de pandemia do coronavírus.

Por determinação do governador de São Paulo, João Dória, as famílias que se enquadram na tarifa social, serviços essenciais como água, luz e gás não serão cobrados por 90 dias, a contar a partir do dia 1º de abril.

As concessionárias não poderão cortar o fornecimento por falta de pagamento.

A advogada especializada em Defesa do Consumidor, Aline Romanholi, participou nesta quinta (26/03/20) do quadro Justiça & Cidadania, dentro do programa Bom Dia ABC, com o apresentador Ricardo Leite.

A paralisação de grande parte dos serviços também gera um clima de instabilidade no país e no mundo.

Já prevendo um caos na economia nos meses subsequentes, os empresários têm adotado duas linhas de frente para não ter mais prejuízo: contar os dias parados dos funcionários como férias ou descontar do banco de horas.

Aline Romanholi alerta ainda para os preços abusivos cobrados nas vendas de álcool gel e máscaras de proteção contra o Covid-19.

A especialista pede para acionar o Procon ou o Ministério Público.

Mas, atenção: fazer a denúncia na hora certa e com prova.

Nesses dias de confinamento geral, não há atendimento presencial.

 

Eis a íntegra da entrevista:

 

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA