Câmara de Mauá rejeita impeachment de Átila

0
137

A Câmara de Mauá retornou às sessões presenciais nesta terça-feira (23/06/20) para votar dois impeachments e a instalação de CPI contra o prefeito Átila Jacomussi (PSB) por suposto superfaturamento em contratos para construção e gestão do Hospital de Campanha erguido no estacionamento do Paço.

Quatorze vereadores votaram pelo arquivamento dos processos e sete a favor da cassação.

Os pedidos foram feitos por pré-candidatos oposicionistas nas eleições majoritárias em Mauá: Mauro Roman, do PRTB; e Marcelo Oliveira, do PT.

Votaram a favor da cassação do prefeito: Adelto Cachorrão (Republicanos), Fernando Rubinelli (PDT), Tchacabum (PDT), Professor Betinho (PSL), Silvaldo Carteiro (PSL), Melão (Cidadania) e Marcelo Oliveira, além de Paulo Eugênio em um dos pedidos.

Votaram contra: Chiquinho do Zaíra (Avante), Ivan Stella (PSB), Admir Jacomussi (Patriota), Ricardinho da Enfermagem (PSB), Chico do Judô (PSD), Chiquinho do Zaíra (Avante), Cincinato Freire (PSB), Gil Miranda (Republicanos), Jotão (SD), Pastor José (Avante),  Irmão Ozelito (PSC),  Bodinho (Patriota).  Betinho Dragões (PL), Samuel Enfermeiro (PSB) e Severino do MSTU (PL).

Sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito foram 10 votos a favor, mas era preciso 12 para aprovação.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA