Serra envia proposta para Câmara que prevê abono de R$ 100 aos servidores

0
558

A Prefeitura de Santo André protocolou nesta terça-feira (5/06/18) na Câmara Municipal uma minuta de lei que consolida o acordo coletivo para o quadro de funcionários públicos da cidade.

A proposta, elaborada com o objetivo de promover a valorização do servidor e melhora nas condições de trabalho, garante a concessão de um abono incorporado ao salário de R$ 100 para todos os colaboradores da Administração Direta e Indireta. 

Desta forma, 86% dos servidores terão ganho real, ou seja, acima do índice de inflação.

Cerca de 2 mil funcionários terão 7% de aumento e outros 2,5 mil – que representam 33% da folha de pagamento – passarão a receber não apenas a incorporação, mas também R$ 110 de cesta básica, resultando em aumento total de 11%.

A cesta básica agora também está estendida até a faixa 6, colaborando para que mais funcionários recebam o benefício. 

“Este projeto foi fruto de um bom e maduro diálogo com o Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos de Santo André). Nossa gestão preza por ouvir, conversar e conseguimos isso por estas pessoas que tanto fazem pela cidade. Ambas as partes entenderam as limitações financeiras atuais e chegamos nesta evolução muito grande para a grande maioria dos funcionários”, comentou o prefeito Paulo Serra, que foi à Câmara nesta terça-feira e reforçou o compromisso de que na atual gestão não haverá perdas reais para os trabalhadores.

“Conseguimos com este acordo melhorar a vida dos que ainda recebem salários menores, que mais precisam. Ampliamos o valor e atingimos mais faixas. Para 2019 já estamos em tratativas para mais dois mil funcionários receberem também a cesta básica, chegando a 90% do total”, comentou o prefeito.

Para os colaboradores que estão em cargos com exigências maiores e especificidades, há também a reclassificação dos cargos com a valorização nas mais diversas áreas.

Um exemplo é o novo estatuto dos guardas civis municipais, já aprovado, e ainda dos seguranças patrimoniais, que está em tramitação na Câmara. 

“Desde o início do trabalho utilizamos o choque de gestão para acertar as contas da cidade e mesmo com todas as dificuldades que ainda passamos conseguimos fazer este acordo. É uma grande vitória para a categoria, prova disso é a aprovação da proposta em assembleia do Sindserv de forma quase unânime”, concluiu o prefeito Paulo Serra.

 

Foto: Ricardo Trida/Divulgação PSA

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA