Semasa entrega composteiras para entidades sociais

0
346
O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) está ampliando o projeto de compostagem da cidade.
Entidades sociais que atuam no município, e alguns equipamentos públicos, passaram a receber as composteiras.
Atualmente, 75 locais já foram beneficiados e fazem uso da composteira.
Outros 13 serão contemplados até o final de setembro.

A proposta começou para beneficiar escolas municipais e depois foi estendida para unidades estaduais.

Agora, ganha novos horizontes, atingindo também a população que participa ou utiliza dos espaços da Prefeitura, como o Cras (Centro de Referência de Assistência Social), entidades cadastradas no Fundo Social de Solidariedade e no Banco de Alimentos, além de unidades da Fundação Casa.

O projeto de compostagem tem o objetivo de, além contribuir com a coleta seletiva de Santo André e aumentar a vida útil do Aterro municipal, mostrar para a população os problemas que envolvem a geração de resíduos e dar à comunidade alternativas viáveis para o tratamento do material orgânico, uma vez que a compostagem utiliza restos de alimentos não processados, como frutas, legumes, verduras, grãos e cascas de ovos, entre outros, produzidos nos próprios locais.

Feitas de plástico bem resistente e não transparente, as composteiras recebem os resíduos orgânicos gerados nos espaços.
O material que resultar do processo deve ser usado em hortas ou jardins destes locais ou na comunidade.
Antes da doação dos equipamentos, a equipe do Semasa realiza uma palestra informativa com os interessados e responsáveis que vão utilizar as composteiras.

Até o final de setembro, mais 12 entidades selecionadas pelo Fundo Social de Solidariedade, além da Craisa, vão receber as composteiras do Semasa.

Foto: Divulgação Semasa

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA