SBC intensifica prevenção e combate ao Aedes aegypti

0
135

Com o objetivo mobilizar maior número de pessoas e reduzir os atuais índices da doença, o prefeito, Orlando Morando, apresentou pelo 4° ano consecutivo, nesta sexta-feira (17/01/19), a nova e ampla campanha de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti, denominada “São Bernardo Contra a Dengue – Força Total”.

A cidade conseguiu conter o avanço das arboviroses nos últimos anos devido a implantação do Programa, com 343 casos de dengue, em comparação à Capital, que registrou 17 mil casos, só em 2019.

O resultado foi alcançado pelo intenso o trabalho desenvolvido, não apenas pela Secretaria de Saúde, por meio do Centro e Controle de Zoonoses (CCZ), como pela Secretaria de Educação, e demais Pastas que atuam diretamente com a população nesta conscientização no combate à dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus, todas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

De acordo com o prefeito Orlando Morando, durante entrevista coletiva, no Salão Nobre do Paço Municipal, com a presença do secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho, vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima, e demais secretários, a iniciativa, novamente, concentra uma série de ações de conscientização e mobilização para o combate período mais crítico, o verão.

“Será uma ação transversal com envolvimento de todas as secretarias, que a partir do dia 25/01, terá a presença 1.000 colaboradores nas ruas realizando porta a porta, com início nos bairros localizados depois da Rodovia Anchieta. Além disso, os imóveis sem moradores devido às férias e os abandonados serão vistoriados. Mobilizaremos, novamente, as crianças, a partir do primeiro dia de aula. Tudo isso com o objetivo de demonstrar que o mais fácil é evitar a água parada. Matar o mosquito é o mais difícil”, detalhou o chefe do Executivo.

Para este ano, além de uma campanha de comunicação com mais apelo, que pretende despertar no cidadão o quão importante é seu papel na prevenção das arboviroses, a comunicação entre os Agentes de Controle de Endemias (ACE) também será um diferencial.

“Estamos otimizando o máximo do tempo. Os agentes já estão em campo realizando a Avaliação de Densidade Larvária (ALV), preconizada pelo Ministério da Saúde e antes mesmo de chegar notificações de focos do mosquito, estamos iniciando os bloqueios com nebulização de inseticida nos bairros”, explicou Dr. Geraldo Reple.

O trabalho prevenção e conscientização contra as arboviroses é permanente no município.

Além das visitas casa a casa, realizada pelos agentes, o ano todo; o Comitê de Controle de Arboviroses se reúne uma vez por mês ordinariamente, e em caráter extraordinário, quando necessário para definir outras ações de prevenção e combate a estas doenças.

A Secretaria de Saúde também lançou um programa específico para as gestantes.

Todas as mulheres, usuárias ou não da rede pública, devem notificar a gestação na Unidade Básica de Saúde (UBS).

Elas irão receber uma visita dos ACE, que realizarão uma vistoria em sua casa e no bairro em que mora.

A ideia é localizar e eliminar todos os focos do mosquito.

Os munícipes podem fazer denúncias de focos do mosquito pelo telefone 0800-195565.

 

Foto: Omar Matsumoto/PMSBC

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA