São Caetano lança cartão-benefício para aquisição de uniformes escolares

0
793

São Caetano apresentou um novo formato na distribuição de uniformes escolares nesta sexta (01/12/17).

O evento ocorreu no Teatro Paulo Machado de Carvalho com a presença de cerca de 700 pessoas.

A partir de agora, os munícipes receberão um auxílio no valor de R$ 200 para a compra das peças em empresas de confecção à sua escolha.

O cartão-benefício é destinado a cada um dos 22 mil alunos da Educação Infantil e Ensinos Fundamental e Médio.

A Secretaria de Educação investirá um total de R$ 4,5 milhões neste programa.

Segundo o prefeito José Auricchio Júnior, esse modelo inovador de transferência de recurso é uma fórmula para se vencer a burocracia de governo e outros vícios do mercado.

O presidente da Câmara de São Caetano, Pio Mielo (PMDB), ressaltou que São Caetano é o primeiro município do país a lançar esse tipo de modelo:

No ato da rematrícula, os pais já vão informar uma conta bancária para receberem o recurso.

A transferência do valor se inicia já na primeira quinzena de janeiro e será feita de forma escalonada.

O kit é composto por duas camisetas de manga curta, uma camiseta de manga longa, uma jaqueta com capuz, duas calças compridas e uma bermuda.

Os pais deverão pedir nota fiscal contendo o CPF do responsável legal e comprovar a compra junto à escola. Em caso de dúvidas, a Secretaria disponibiliza o telefone 4226-1480.

Pela primeira vez, os uniformes serão entregues a bebês acima de 6 meses (antes começava a partir dos 3 anos de idade).

Para os bebês, as camisetas serão substituídas por “bodies”.

Uma vez depositado o valor na conta, os pais podem adquirir o uniforme em qualquer confecção que desejarem – em São Caetano  ou em outro município, desde que o estabelecimento observe o modelo padronizado pela Secretaria Municipal de Educação.

A Sedeti (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo, Tecnologia e Inovação) fez uma pesquisa de mercado e estudo da capacidade de produção das confecções no município. Dezenas confirmaram interesse em atender às demandas.

“É também uma forma importante de manter esse valor de investimento (R$ 4,5 milhões) gerando renda e emprego no próprio município”, afirma o secretário Silvio Minciotti.

Foto: Divulgação PMSCS

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA