São Bernardo reserva 16 leitos para pacientes do coronavírus

0
668

São Bernardo reserva 16 leitos no Hospital de Clínicas para pacientes que forem confirmados com o coronavírus.

Segundo o prefeito Orlando Morando, trata-se de mais uma medida preventiva adotada pelo Município, que até o momento não registrou nenhum caso.

 

 

Dos três casos suspeitos, um já foi descartado e outros dois deverão ter o diagnóstico divulgado até o final desta semana.

São dois pacientes que estiveram recentemente na Itália.

O prefeito já acionou o Comitê de Combate à doença para ampliar a comunicação.

A partir desta data serão afixados cartazes e folders em locais de grandes aglomerações como escolas,  associações, indústria e comércio, entidades religiosas e transporte público.

Somente nas escolas são 80 mil alunos, que irão levar informações às famílias, e com isso praticamente a metade da população estará ciente das ações.

Os integrantes do Comitê estarão em contato frequente também com as cidades-irmãs da Itália e entidades ligadas aos países onde a doença já disseminou em grande escala.

Apesar da precaução, o secretário da Saúde de São Bernardo, Geraldo Reple, afirmou que a situação é tranquila em relação ao Influenza:

 

 

O prefeito Orlando Morando garantiu ainda que  vai atender a todos, mesmo que não sejam moradores de São Bernardo:

 

 

Durante a divulgação da segunda parte das ações de prevenção ao coronavírus, ou Covid 19, o chefe do Executivo esboçou preocupação com a economia, mesmo porque o município possui muitas indústrias que tem relação direta com a China para fornecimento de matéria-prima.

Para Orlando Morando o avanço da doença vai paralisar muitas linhas de produção e o reflexo é o retrocesso para a estabilidade financeira.

 

 

Foto: Omar Matsumoto/PMSBC

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA