São Bernardo lança Saúde Prioridade Cirurgia

0
843

Em mais uma ação elaborada para elevar a qualidade da Saúde do município, a Prefeitura de São Bernardo promoveu, nesta quarta-feira (20/09/17), o lançamento do programa “Saúde Prioridade Cirurgia”, projeto que vai acabar com a fila cirúrgica existente na cidade, em um prazo máximo de 180 dias.

Ao todo, a demanda aponta para uma espera de 3.178 pessoas.

O início do “Saúde Prioridade Cirurgia” foi feito no anfiteatro do Hospital de Clínicas de São Bernardo (HC), localizado na Estrada dos Alvarengas, 1001, no Alvarenga, pelo prefeito Orlando Morando, acompanhado do secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple, profissionais da Saúde e vereadores da base aliada.

O HC abrigará grande parte das cirurgias que serão realizadas pelo programa.

De acordo com o prefeito, o novo programa, ao contrário do “Saúde Prioridade Consultas e Exames”, será realizado pelos cirurgiões já contratados pelo município.

“Para a realização dessas cirurgias, não será necessário firmar parcerias com empresas privadas. Realizaremos todos os procedimentos em nossos hospitais, utilizando a nossa própria estrutura. Iremos zerar essa fila de espera, sem qualquer custo adicional”, ressaltou o chefe do Executivo.

Entre as cirurgias, as mais numerosas são urologia (493 pacientes), ginecologia geral (468) que serão realizadas no Hospital Municipal Universitário (HMU), cirurgia vascular (372 pacientes), cirurgia geral por vide laparoscopia (164) e hérnia (64 pacientes),

O secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple, esclareceu que os pacientes que tiverem necessidade de cirurgia ao longo do programa, serão atendidos simultaneamente. “Hoje, o município realiza 343 cirurgias mensais. Com o programa, iremos solucionar o problema das pessoas que estão aguardando na fila de espera, porém continuaremos atender normalmente os novos casos, de urgência ou eletiva. O nosso objetivo é impedir que novas filas sejam formadas”, disse.

Para a coordenadora do “Saúde Prioridade Cirurgia” e cirurgiã, Dra. Amanda Tavares,  o programa também tem um diferencial, a ampla tecnologia. “Todos os procedimentos serão realizados com recursos tecnológico, utilizando equipamento semelhantes ao da cirurgia vide laparoscópica, com isso ocasionaremos diminuição do tempo cirúrgico e recuperação mais rápida do paciente”, explicou.

No decorrer do ato oficial, o prefeito Orlando Morando também esclareceu que os pacientes serão contatados via telefone, por meio das Unidades Básicas de Saúde (UBS). “Pedimos que todas as pessoas, que aguardam na fila cirúrgica, procurem a unidade de saúde mais próxima de casa, e atualizarem o cadastro. Nossos agentes comunitários de Saúde precisam localizar os pacientes e entregar os protocolos que confirmam o agendamento do procedimento”, afirmou.

“Saúde Prioridade”

O programa Saúde Prioridade foi lançado no dia 31 de março, para zerar a demanda reprimida de consultas e exames deixada pela gestão anterior.

Em menos de 120 dias, 70 mil pessoas foram atendidas (49.575 consultas e 21.051 exames).

Foto: Omar Matsumoto/divulgação PMSBC

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA