Sabesp inicia troca da tubulação de água em São Bernardo

0
533

Ao lado do secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, e do diretor-presidente da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, deu inicio neste sábado (15/02/19) à primeira etapa das obras de renovação estrutural de redes de abastecimento de água que atendem regiões estratégicas da cidade.

A intervenção está recebendo investimento total de R$ 110 milhões, com objetivo de melhorar a qualidade da água que chega às residências e comércios, além de reduzir perdas.

Ao todo, serão renovados 171,6 km de tubulações de água, o equivalente à distância entre São Paulo e Santo Antônio do Pinhal (SP), trazendo uma economia de 1,4 bilhão de litros de água a cada ano, após a conclusão do programa.

Na fase inicial do projeto serão substituídos 87,7 quilômetros de redes, beneficiando cerca de 180 mil moradores dos bairros Taboão, Vila Mussolini, Vila Marchi e Nova Petrópolis, consideradas regiões com maior índice de perdas.

“Esta é mais uma ação de responsabilidade socioambiental da Sabesp, que é uma empresa que olha para o futuro. Água não é apenas um bem essencial para o presente, mas também para as próximas gerações. Nossa cidade tem que ser exemplar no tratamento que dá a este bem precioso, porque a caixa d´água de toda a região metropolitana é a nossa represa Billings” destacou o chefe do Executivo, que esteve acompanhado de sua esposa e deputada estadual, Carla Morando.

O projeto também prevê a instalação de nove Válvulas Redutoras de Pressão (VRP), sendo que 90% das obras serão executadas por meio do método não destrutivo, ou seja, sem a necessidade de abertura de valas nas ruas.

A primeira etapa tem previsão de conclusão em 18 meses. “Serão 4% a menos de água desperdiçada, que passará a ser reservada. Isso é zelar pelo meio ambiente. Essa parceria com São Bernardo nos permite mostrar que quando um governo quer a coisa anda”, completou Penido.

 A segunda etapa do projeto prevê a renovação de 83,9 km de redes, atendendo os bairros Pauliceia, Cacilda e Nova Petrópolis/Centro.

Esta fase deve ser iniciada no segundo semestre de 2019. “A Sabesp e a Prefeitura estão trabalhando em conjunto para aumentar a segurança hídrica. Nos anos de 2014 e 2015 passamos por uma situação muito difícil e estamos trabalhando para que isso não volte a acontecer”, pontuou Benedito Braga.

Fotos: Omar Matsumoto: Divulgação PMSBC

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA