Sabesp inicia obras em Santo André pelo Parque Erasmo Assunção no dia 20

0
353

O Parque Erasmo Assunção será a primeira região de Santo André a receber obras da Sabesp .

A partir de terça-feira (20/08/19) começam as obras para melhorar a distribuição de água.

A Sabesp irá investir R$ 10 milhões na duplicação da adutora de 600 milímetros que abastece o setor e acaba com as intermitências de água nos bairros Erasmo Assunção, Parque Oratório e Novo Oratório,  Parque Capuava, Jardim Ana Maria, Jardim Santo Alberto e Jardim Monte Líbano, beneficiando 160 mil moradores.

A previsão de conclusão é 90 dias, ou seja, em novembro deste ano.

Esta foi uma das quatro ações anunciadas nesta quinta-feira (15/08/19) pela Prefeitura e Sabesp.

O convênio entre a empresa paulista e o Semasa foi firmado no dia 31 de julho, envolvendo R$ 1,539 bilhões em investimentos, sendo R$ 917 milhões somente para água e esgoto, além de R$ 622 milhões que serão transferidos para o Fundo Municipal de Saneamento nos próximos 40 anos.

O acordo inclui ainda uma dívida do Município no valor de R$ 3,5 bilhões.

As primeiras quatro obras a serem executadas até dezembro somam R$ 21 milhões e vão melhorar o abastecimento de água de 400 mil moradores.

O prefeito Paulo Serra afirmou que  em seis anos a cidade sairá dos 40% para 100% do esgoto tratado.

No dia 24 tem início a manutenção no sistema Rio Grande, próximo à ETA Anchieta, na divisa entre São Paulo e Santo André.

Serão 15 dias de trabalho.

A terceira execução ocorrerá a partir do dia 27  em área de manancial, na divisa de Santo André e Rio Grande da Serra, e prosseguirá até o final de dezembro.

A obra no Parque América irá beneficiar 4 mil pessoas e vai pôr fim ao abastecimento com caminhões-pipa, levando água às torneiras das casas.

Já em setembro, a partir do dia 3,  será feita a interligação da adutora de 1500 milímetros no bairro Camilópolis, com adequação às obras do sistema Rio Claro, necessária para ampliar a capacidade de fornecimento de água para cerca de 240 mil moradores.

As obras serão realizadas por 30 funcionários da Sabesp até 10 de setembro.

Após o dia 11 os 400 trabalhadores do Semasa irão prestar serviços.

O prefeito Paulo Serra reiterou que não haverá desemprego nos próximos quatro anos.

O superintendente da Unidade de Negócios Centro da Sabesp, Roberval Tavares de Souza, adiantou que a empresa não irá operar o ETA Guarará:

 

 

 

Paulo Serra complementa o que será feito do ETA Guarará:

 

 

A Sabesp avisou ainda que a partir de 11 de setembro o atendimento ao usuário para serviços de água e esgoto de Santo André será realizado diretamente pela Sabesp no telefone 195.

O telefone 115, do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) continuará a atender as solicitações de resíduos sólidos, drenagem e gestão ambiental.

Os cinco postos de atendimento do Semasa também passarão a ser compartilhados com a Sabesp, com a equipe da companhia estadual atendendo as demandas de água e esgoto.

A conta de saneamento também passará a ser emitida pela Sabesp a partir do dia 11 de setembro.

Em breve haverá também atendimento no Poupatempo.

A sede operacional da Sabesp será na Vila Guiomar.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA