SA interdita ponte da rua dos Alpes para obras do viaduto Adib Chammas

0
143

A Prefeitura de Santo André realizará o fechamento da ponte da rua dos Alpes e da via de acesso à avenida Antonio Cardoso a partir da próxima segunda-feira (16/09/19).

A medida se faz necessária para viabilizar a instalação de maquinário e fundação dos pilares de sustentação para as obras de duplicação do viaduto Adib Chammas.

Três carretas com os equipamentos necessários para início dos trabalhos de fundação dos pilares sairão de Belo Horizonte, com previsão de chegada em Santo André na noite da segunda-feira.

Na terça-feira (17/09/19) pela manhã o maquinário será descarregado e na quinta-feira (19/09/19) começam os trabalhos de escavação do solo para colocação dos pilares.

Para ter acesso ao viaduto Adib Chammas, o motorista que está na avenida dos Estados no sentido São Paulo deverá entrar à esquerda na ponte da avenida Antonio Cardoso e prosseguir em direção à região central.

O DET fará a reprogramação dos tempos semafóricos da avenida dos Estados para garantir a fluidez no tráfego, além do remanejamento e adequação da sinalização das placas sinalizadoras de orientação e também a instalação de sinalização específica para facilitar a visão dos motoristas.

Obras – A duplicação do viaduto faz parte de pacote de intervenções de mobilidade que está sendo realizado com verbas do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

A Prefeitura obteve financiamento de US$ 25 milhões junto à instituição financeira e investirá outros US$ 25 milhões em diversas obras, totalizando investimento de US$ 50 milhões.

O diferencial desta obra é o inédito método construtivo que será adotado para a duplicação do viaduto Adib Chammas, que se chama balanço sucessivo.

A execução da obra é feita por módulos, simultaneamente dos dois lados do viaduto para manter o equilíbrio da estrutura, até os módulos se encontrarem no centro do viaduto.

No caso do viaduto Adib Chammas, cada módulo tem quatro metros de comprimento, em um total de 17 módulos (oito de cada lado, além de um central).

As intervenções vão trazer vários benefícios para o município, como a melhora na fluidez do tráfego entre as duas regiões da cidade e a redução no tempo de viagem dos motoristas que utilizam essa transposição, proporcionando aumento na articulação da rede viária.

A emissão dos poluentes e gases que contribuem para o efeito estufa também será reduzida e a qualidade do ar apresentará uma melhora significativa, na medida em que os veículos ficarão menos tempo em seus deslocamentos e poluirão menos.

 

 

Fotos: Alex Cavanha/PSA

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA