Região se une contra o mosquito Aedes aegypti

0
211

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC deu início, nesta segunda-feira (25/11/19), à mobilização regional contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e febre Chikungunya.

A força-tarefa será realizada até 7 de dezembro pelos sete municípios e incluem ações porta a porta, mobilização em locais de grande circulação de pessoas e trabalho de conscientização nas escolas.

O objetivo do mutirão é atuar de forma preventiva para eliminar focos de criadouros do mosquito na região e minimizar as chances de dengue, zika e Chikungunya se espalharem pelas sete cidades.

A programação foi definida a partir das reuniões da Sala de Situação Regional de Arboviroses.

O grupo realiza reuniões mensais de maneira permanente desde 2011 e é composto por agentes técnicos municipais da Saúde, especialmente das vigilâncias epidemiológica e sanitária, e representantes estaduais da pasta, como o Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE), Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) e o Instituto Adolfo Lutz.

“Os técnicos da área alertaram que as notificações já deveriam ter baixado bastante após a semana epidemiológica 40, que é a partir de outubro, mas isso não aconteceu. Houve diminuição nos casos, mas não zerou, o que era o esperado. Isso significa que o mosquito transmissor ainda está ativo na região e pode se proliferar. Por isso, as cidades e o Estado se uniram para essa mobilização regional contra o mosquito”, afirmou o presidente do Consórcio ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra, durante lançamento da campanha “Todos Juntos Contra o Aedes”.

As ações, realizadas individualmente pelos municípios de acordo com cada estratégia local, estão sendo debatidas e organizadas em conjunto.

As iniciativas incluem trabalho de mobilização e conscientização áreas de divisas, além de estações da Linha 10-Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), terminais rodoviários e semáforos.

“Pelo que nos foi apresentado pela Sala de Situação, o número de casos ainda é baixo se comparado aos períodos críticos, como 2015 e 2016. No entanto, o ciclo viral aponta para uma possível alta dos casos a partir de janeiro. Essa mobilização regional é para evitar a sensação de controle da doença, como ocorreu nos último dois anos. Não adianta uma cidade fazer sua parte se a vizinha permitir a proliferação do mosquito transmissor. Temos que trabalhar em conjunto”, afirmou Paulo Serra.

Veja abaixo as ações previstas em cada município:

Santo André

MUNICIPIO

ATIVIDADE PROGRAMADA

PERÍODO DE REALIZAÇÃO

Santo André

Ação educativa CPTM- rede ferroviária do município

25/11

Santo André

Capacitação EACS Educomunicação

26/11

Santo André

Capacitação EACS Educomunicação

27/11

Santo André

Ação educativa escolas estaduais

28/11

Santo André

Ação educativa escolas municipais

29/11

Santo André

Ação educativa Oliveira Lima-Maquetes casa-certo /errado

30/11

Santo André

Visita a imóveis Vila Humaitá. Bloqueio de criadouros

2/12

Santo André

Visita a imóveis Vila Humaitá. Bloqueio de criadouros

3/12

Santo André

Pesquisa em bromélias de parques municipais

4/12

Santo André

Bloqueio de criadouros

5/12

Santo André

Vistorias referentes a denúncias do mosquito da dengue. Palestra de vetores e pragas urbanas a funcionários do DVS

6/12

Santo André

Vistorias referentes a denúncias do mosquito da dengue. Tratamento de P.E’s mais infestados

7/12

São Bernardo do Campo

 

MUNICIPIO

ATIVIDADE PROGRAMADA

PERÍODO DE REALIZAÇÃO

São Bernardo do Campo

Tenda Interativa

25 a 29/11/19

São Bernardo do Campo

Sensibilização

25 a 29/11/19

São Bernardo do Campo

Tenda Interativa e Sensibilização

26 a 29/11/19

São Bernardo do Campo

Vistoria / Eliminação de criadouros

25 a 30/11/19

São Bernardo do Campo

Palestra, Tenda Interativa e Sensibilização

30/11/19

São Bernardo do Campo

Orientações para usuários das UBS e mutirões nos seus bairros

25 a 29/11/19

São Bernardo do Campo

Ação Intermunicipal com Diadema

27/11/2019

MUNICIPIO

ATIVIDADE PROGRAMADA

PERÍODO DE REALIZAÇÃO

São Bernardo do Campo

Mutirão baseado na ADL de outubro de 2019

02 a 07/12/2019

São Bernardo do Campo

Palestra / Interativa

06/12/19

São Bernardo do Campo

Mutirão / eliminar criadouros

02 a 07/12/2019

São Caetano do Sul

MUNICIPIO

ATIVIDADE PROGRAMADA

PERÍODO DE REALIZAÇÃO

São Caetano do Sul

Palestra + atividade “caça ao criadouro”

29.11.2019

São Caetano do Sul 

“Catatreco” Bairro São Jose

25.11 A 07.12.19

São Caetano do Sul 

Palestra – Orientações

25 a 30.11.19

São Caetano do Sul 

Intensificação Vistorias Escolas Estaduais

02 A 07.12.19

 São Caetano do Sul

Panfletagem-vias publicas

25 a 30.11.19

 

Diadema

MUNICIPIO

ATIVIDADE PROGRAMADA

PERÍODO DE REALIZAÇÃO

Diadema

Maratona educativa

25-30/11

Diadema

Palestra na empresa Inylbra

19/11

Diadema

Stand expositor

30/11

Diadema

Vistorias nos equipamentos

25-29/11

Diadema

Distribuição de material

19-30/11

Diadema

Atividade e orientação

29/11

Diadema

Passeata contra mosquito

27/11

 

Mauá

MUNICIPIO

ATIVIDADE PROGRAMADA

PERÍODO DE REALIZAÇÃO

Mauá

Atividade Lúdica Educativa: orientação exposição de  maquetes das criadouros na Divisa com Santo André

27/11/2019

Mauá

Atividade Lúdica Educativa: orientação e exposição das maquetes de criadouros1 na Divisa com Ribeirão Pires

25 e 26/11/19

Mauá

Atividade Lúdica Educativa: orientação e exposição de maquetes de criadouros no Terminal Rodoviário do Município

28 e 29/11/19

Mauá

Atividade Lúdica Educativa: orientação e exposição de maquetes de criadouros na Praça XXII de novembro, Blitz no semáforo.

30/11/2019

Mauá

Priorização do casa a casa na área com maior índice do ADL.

02 à 07/12

 

 

Ribeirão Pires

Ribeirão Pires

Mutirão em foco nos recipientes alvos

05/12   09-11h

Ribeirão Pires

Orientação da necessidade de vistorias em imóveis fechados para locação/ venda

06/12   09-16h

Ribeirão Pires

Mutirão contra o Aedes, com foco em recipientes alvos

07/12   09-15h

Rio Grande da Serra

INSTITUIÇÕES ENVOLVIDAS

PÚBLICO ALVO

Secretaria Municipal de Saúde e Educação

Estudantes e famílias da rede de ensino

Secretaria municipal de saúde e CPTM

Usuários da CPTM e população local

 

Foto: Angelo Baima/PSA

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA