Procon de Diadema orienta sobre ovos de Páscoa

0
92

A Páscoa está chegando, mas diante de tantas opções de ovos de chocolate, é preciso ficar atento e pesquisar bastante antes de adquirir o produto.

Foi pensando nisso que o Procon Diadema divulgou algumas dicas e cuidados que os consumidores devem ter no momento de ir às compras.

Algumas informações como preço, prazo de validade, tamanho e espessura são obrigatórias nas embalagens.

Além disso, cada fabricante tem peso e numeração diferente.

A orientação do Procon é para que o consumidor escolha o produto e depois faça uma pesquisa de preço em diversas lojas, pois a mesma mercadoria pode variar muito de um estabelecimento para outro. 

“Orientamos que os consumidores pesquisem os preços, marcas e tamanhos dos ovos, pois há uma grande variação. O principal cuidado é se atentar à data de vencimento do produto, que às vezes fica difícil de ser identificada, mas deve ser informada”, informa Wanderley Smelan, coordenador do Procon Diadema.

Um levantamento preliminar concluiu que em relação ao passado, o preço dos produtos de Páscoa tiveram um aumento médio de 22%.

Os típicos ovos de Páscoa que a criançada adora, aqueles com brinquedinhos ou outro atrativo, possuem uma variação de preço de até 115% entre as marcas.

Além disso, esses ovos que possuem brinquedos no interior são aqueles que precisam receber mais atenção do consumidor.

Segundo o Procon, esses “brinquedinhos” devem ter o selo do Inmetro, pois podem ser perigosos para crianças menores.

“Os brinquedos não justificam o alto valor que vem sendo cobrado no mercado. Uma alternativa é escolher um ovo de páscoa sem esses ’brinquedinhos‘, e comprar um brinquedo à parte para a criança”, disse o coordenador.

Caso o produto adquirido esteja deteriorado/estragado, com o prazo de validade vencido ou com quantidade/peso diferente daquele indicado na embalagem, o consumidor tem duas opções: substituir o produto por outro que esteja em perfeitas condições ou ser reembolsado pela quantia paga.

É importante guardar a nota fiscal.

Aqueles que compraram um produto impróprio para consumo e não tiveram o problema resolvido, devem procurar o Procon.

O atendimento pode ser feito pelo telefone 4053-7204, que ocorre de segunda à sexta-feira das 9h às 17h.

São entregues 20 senhas às 8h30 e outras 20 às 12h30 para os atendimentos que serão feitos no período da manhã e tarde, respectivamente.

O Procon Diadema está localizado na Avenida Sete de Setembro, 400.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA