Prefeitos discutem instalação de usina de energia em Mauá

0
169

A primeira Assembléia Geral de Prefeitos do ano no Consórcio Intermunicipal Grande ABC, nesta terça (14/01/20), deu posse ao prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão, e o prefeito de Diadema, Lauro Michels, como presidente e vice da entidade, respectivamente.

A gestão será até 31 de dezembro, quando os dois também deixarão as Prefeituras, já que não poderão concorrer à reeleição.

A principal pauta da reunião foi a apresentação sobre a possível construção de uma Usina de Recuperação de Energia ao lado do aterro sanitário Lara, em Mauá, como relata o novo presidente, Gabriel Maranhão.

 

 

O CEO em Phd da Central de Tratamento de Resíduos Lara, Daniel Sindicic, explicou que o projeto é completamente privado, sem verba pública:

 

 

A instalação da usina deverá demorar cerca de três anos, mas a previsão para início das obras é entre junho e julho de 2020.

A usina ocupará uma área de 90 mil metros quadrados, com capacidade para gerar 80 Kw/h de energia, o suficiente para abastecer uma cidade com 250 mil residências nos próximos 10 anos.

Deverá gerar 600 empregos durante as obras e outras 100 para operação quando colocada em funcionamento.

Pelo projeto esta será uma das dez maiores usinas dom mundo.

Mas, antes de tudo isso, depende do licenciamento da Cetesb, que deverá ser intermediado pelo Consórcio Intermunicipal.

O deputado estadual Thiago Auricchio ficou responsável de agendar um encontro com o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado, Marcos Penido.

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA