Prefeito e presidente da Câmara de SA vão doar parte dos salários

0
315

O prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), anunciou que irá doar 50% do salário para ajudar no combate ao Covid-19.

O objetivo é contribuir com as ações sociais executadas pelo Fundo Social de Solidariedade, comandada pela primeira-dama Ana Carolina Barreto Serra.

Com essa atitude o  chefe do Executivo espera sensibilizar outras autoridades para que façam o mesmo e ajudem a minimizar os prejuízos causados pela pandemia.

Alguns secretários prometem aderir.

O presidente da Câmara, Pedrinho Botaro (PSDB), informou que irá seguir o prefeito e vai levar a recomendação aos vereadores, mas a contribuição ficará a cargo de cada parlamentar:

“É uma doação espontânea, então, não está estabelecido que cada um irá doar 50% (do salário), mas eles irão contribuir com algum percentual”, explicou Botaro.

O presidente da Câmara lembrou que, dia 26, a casa antecipou devolução de parte de duodécimo, no valor de R$ 1,5 milhão, aos cofres da Prefeitura para auxiliar no combate ao avanço do novo coronavírus.

A quantia se refere à sobra de repasse do Executivo não utilizado até a ocasião pelo Legislativo, que normalmente é transferido no fim do exercício.

As doações pessoais devem alcançar R$ 300 mil e, na próxima semana, com a contribuição de outros políticos, a meta é arrecadar R$ 500 mil.

 

 

Atualização dos casos:

354 casos suspeitos
207 casos descartados
72 casos confirmados, entre eles 3 óbitos

1º óbito – Paciente do sexo masculino, que tinha 68 anos e deu entrada na UPA Sacadura Cabral em 18 de março. O mesmo apresentou sintomas da doença, que se agravaram devido a comorbidades, e veio a falecer na mesma data;

2º óbito – Paciente do sexo masculino, de 63 anos. Morreu no dia 28 de março, em São Caetano. Não tinha comorbidades.

3º óbito – Informações em breve.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA