Pinacoteca de Ribeirão Pires ganha novo acervo

0
169

A Prefeitura de Ribeirão Pires foi contemplada nesse ano com a doação de bens do Itaú Cultural para Museus Brasileiros, em ação promovida por meio do Instituto Brasileiro de Museus – IBRAM.

As obras recém-chegadas à Estância ribeirão-pirense foram apresentadas ao prefeito Adler Teixeira – Kiko, e ao vice-prefeito Gabriel Roncon, na última semana.

Na ocasião, acompanhados do secretário de Cultura da cidade, Anderson Grecco, e do diretor de Patrimônio da Prefeitura, Marcílio Duarte, foi sinalizada a intenção de realizar a exposição do novo acervo de forma itinerante.

A primeira mostra, que integrará a programação da 17ª Semana Nacional de Museus, terá início no dia 15 de março, às 14h30, no Centro Cultural da cidade (Rua Diamantino de Oliveira, 220 – Jd. Pastoril).

Em 2018, a Secretaria de Cultura do município cadastrou a cidade em edital do IBRAM – aberto para todo o Brasil, apresentando o interesse de Ribeirão Pires em 35 obras.

A cidade recebeu 26 obras, que integram, agora, novo acervo da Pinacoteca Municipal Guilherme de Carvalho Dias.

“Isso indica que Ribeirão Pires, dentro de sua gestão do patrimônio, está atendendo uma série de requisitos da política nacional de museus, o que nos fez receber essa quantidade expressiva de obras. Não fosse por isso, nós talvez não fôssemos contemplados. São artistas de primeira grandeza, alguns da segunda geração do Modernismo (maior movimento cultural brasileiro do Século XX), como Alfredo Volpi e Burle Marx, e outros ligados à vanguarda paulistana”, explicou o diretor de Patrimônio da Prefeitura – Marcílio Duarte.

Entre os destaques do acervo, o município recebeu obras assinadas por Alfredo Volpi, Roberto Burle Marx, Silvio Oppenhein e Ofra Grinfeder.

“Muito nos orgulha ter o reconhecimento do trabalho realizado com excelência por nossa equipe, que garantiu a nosso município as condições técnicas e jurídicas para estar entre as instituições contempladas pelas doações. Essas são obras de artistas renomados e que serão, em breve, expostas ao público, ampliando o acesso dos moradores à arte e enriquecendo o acervo de nossa Pinacoteca Municipal. Do mesmo modo, este é mais um dos avanços das ações que realizamos de resgate aos museus municipais e de valorização do patrimônio” – Prefeito de Ribeirão Pires, Adler Teixeira – Kiko.

A Pinacoteca Municipal Guilherme de Carvalho Dias conta, agora, com cinco coleções: Igrejas Históricas; Paisagens Históricas; Paulo Acencio; Esther Mazzini; e agora o acervo do Itaú Cultural.

“A Pinacoteca Municipal tinha predominantemente, em seu acervo, obras ligadas ao realismo acadêmico. Agora temos obras abstratas, gravuras, serigrafias e litografias. São novas estéticas incorporadas ao acervo da instituição”, explicou Marcílio Duarte.

“Na história da Pinacoteca, que já passa de 30 anos, é a primeira vez que recebemos acervo dessa importância. Recebê-lo é uma prova de que os setores de Cultura e Patrimônio da Prefeitura estão trabalhando com parâmetros sérios de gestão. Nosso desejo é ter esse novo acervo itinerante”, projetou Anderson Grecco, secretário de Cultura.

“Para a Pinacoteca, essas obras enaltecem o acervo e estimulam a visitação, ampliando o fluxo de visitantes. Mas queremos, também, levar esse trabalho aos bairros. Para o cidadão é uma oportunidade conhecer obras de artistas renomados, que têm destaque no cenário cultural”, avaliou Grecco.

 

Foto: Mariana Rodrigues/PMRP

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA