Pedrinho Botaro será o presidente da Câmara de Santo André no biênio 2019/2020

0
112

Um acordo entre PSDB e PT – rivalidade  histórica na política nacional– elegeu o líder do governo Paulo Serra, Pedrinho Botaro, o presidente da Câmara de Santo André no biênio 2019/2020.

Ele recebeu 18 votos a favor.

Houve uma abstenção do vereador Sargento Lobo, do Solidariedade,  que criticou as gestões de Paulo Serra no Executivo e Almir Cicote (Avante, no Legislativo; e um voto de protesto de Willians Bezerra, que optou por nomes  do PT, assim como Professor Minhoca, que escolheu somente tucanos.

Sobre essa rivalidade, o novo presidente utilizou como justificativa a independência do Legislativo e o diálogo entre todos:

 

 

Aos 35 anos, Pedrinho exerce o primeiro mandato, mas já assumiu como suplente em algumas oportunidades.

A Mesa Diretora será composta ainda por: Bete Siraque (PT)  vice, que recebeu 15 votos; Alemão Duarte (PT) primeiro-secretário (15 votos); Ronaldo de Castro (PRB), segundo secretário (18 votos); Luiz Alberto (PT) terceiro secretário (15 votos).

 

NOTA DO PRESIDENTE ELEITO PEDRINHO BOTARO

 

“Fui eleito nesta tarde Presidente da Câmara Municipal de Santo André, para o biênio 2019/2020, com 18 votos de 20 vereadores.

O trabalho será árduo e com muito diálogo. Sinto-me preparado para assumi-lo com responsabilidade, dando o meu melhor a querida cidade de Santo André, como fiz nesses 2 anos de mandato.

Nosso gabinete continua de portas abertas para atender a população e ser mais uma força na construção de uma cidade cada vez melhor.

Agradeço aos vereadores e ao Prefeito Paulo Serra pela confiança.”

 

BIOGRAFIA

Pedrinho Botaro tem 35 anos e foi o terceiro vereador mais votado nas eleições de 2016, com 5.163 votos, pelo PSDB. Jovem e experiente em administração pública, foi escolhido pelo Prefeito Paulo Serra como líder do Governo na Câmara Municipal.

Participa de movimentos cristãos desde a infância até os dias atuais. É membro do Movimento em Defesa da Vida da Diocese de Santo André, membro da Comissão Diocesana da Campanha da Fraternidade e do Setor Juventude. Participa do Movimento da Renovação Carismática Católica, no qual atua como Coordenador do Ministério de Fé e Política, e do Ministério de Comunicação. Atua na Pastoral da Comunicação da Paróquia Nossa Senhora do Paraíso, onde teve um trabalho intenso com a juventude. É locutor e apresentador voluntário em programas de TV e rádio, entre elas a Rádio ABC 1570am. Esta vivência cristã motivou Pedrinho Botaro a lutar pelo bem estar social da comunidade, sendo candidato a vereador pela primeira vez aos 21 anos, obtendo 1,897 votos. Persistente, voltou a disputar o cargo em 2008, quando obteve 3.413 votos, e em 2012, com 3.897 votos. Em ambas as oportunidades, apesar da expressiva votação, não foi eleito e ficou como primeiro suplente do partido.

Trajetória Política:

2006- Assessor de Imprensa na Prefeitura de Mauá

2007-2008 – Assessor de imprensa do Deputado Estadual Orlando Morando na Assembleia Legislativa de São Paulo, onde atuou na criação da Frente Parlamentar pela Vida.

2009 – Diretor de Cultura na Prefeitura de Santo André.

2010 – Coordenador da campanha eleitoral do Deputado Estadual Bruno Covas em Santo André. No mesmo ano assumiu como vereador na Câmara Municipal por dois meses.

2011 – Diretor de Cultura na Prefeitura de Santo André

2012 – Secretário de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo na Prefeitura de Santo André

2013 – Diretor do Parque Estadual Chácara da Baronesa em Santo André, cargo que ocupou até Março de 2016. Foi responsável pela idealização e implementação do parque, com segurança e opções de lazer.

2014 – Coordenador de campanha eleitoral do Deputado Federal Bruno Covas e do Deputado Estadual Orlando Morando em Santo André, candidatos mais votados do Estado de São Paulo.

A trajetória política do Vereador Pedrinho Botaro o indica como a força do novo, com muitas realizações e experiência para mudar a cidade, o Grande ABC e o Estado de São Paulo. Pautará seu mandato na defesa da criança, da juventude e do idoso, buscando, principalmente, empregabilidade e geração de renda para todos.

Foto: Divulgação

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA