Obra da creche Jorge Beretta, em SA, entra na fase final

0
770

O prefeito Paulo Serra vistoriou nesta quarta-feira (15/01/20) as obras da creche Jorge Beretta, no Parque Erasmo Assunção, uma das cinco unidades que serão entregues neste ano em Santo André.

A construção do equipamento faz parte do compromisso da administração em zerar o déficit de vagas no município.

A creche está na fase de acabamento, que inclui a colocação de revestimentos cerâmicos e pintura, instalação de louças e luminárias e fechamentos de janelas de alumínio e portas.

Até o final de 2020 chegará a dez o número de creches entregues pela atual administração.

Cinco unidades já foram inauguradas, no Jardim Rina, Jardim Alzira Franco, Jardim do Mirante, Cata Preta e Jardim Santo André.

“Esta creche é mais uma importante conquista para os moradores do segundo subdistrito, que terão infraestrutura de primeira. É a educação de Santo André sendo transformada pelo novo modelo de gestão, pois em três anos e meio entregaremos todas estas unidades novas. Um recorde no tempo de entrega, com padrão de qualidade de excelência, ampliando de maneira significativa a oferta de vagas”, destacou o prefeito Paulo Serra.

A creche Jorge Beretta terá três pavimentos.

Entre os destaques está o berçário, que irá ocupar todo o primeiro andar, por conta da demanda por esse tipo de atendimento na região.

A unidade contará ainda com sete salas de aula, sala multimídia, brinquedoteca, biblioteca, ateliê de artes, sala de música e toda estrutura necessária para atendimento às crianças com total acessibilidade, além de lactário e lavanderia.

A creche conta com investimento de cerca de R$ 6 milhões e terá capacidade de atender 320 crianças entre 0 e 3 anos de idade.

O padrão é o mesmo aplicado em todas as dez unidades construídas por meio do programa Proinfância (Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil), do Governo Federal.

O programa estabelece ao Ministério da Educação a responsabilidade por 75% dos custos de construção de cada creche e o município arca com os 25% restantes.

 

Fotos: Helber Aggio/PSa

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA