Núcleo de oposição domina as principais comissões da Câmara de Diadema

0
596

O núcleo de oposição, composto por 12 vereadores, ficará com as principais comissões permanentes da Câmara de Diadema.

Liderado pelo petista Josa Queiroz, o grupo formou dois blocos: o primeiro, com o Democratas e o PPS; e o segundo, pelo PT, PR e PRB.

Os dois blocos vão dominar as comissões permanentes de Justiça e Redação e Finanças e Orçamento, com quatro representantes contra dois do PV.

Os cargos de presidente, vice e membro serão definidos somente após uma reunião, na próxima semana.

O prefeito Lauro Michels, do  PV, não considera uma derrota:

O petista  explica que a composição do G12 foi baseada na proporcionalidade: 5 vereadores do Democratas/PPS e sete do PT/PR/PRB.

Josa Queiroz acredita que a união desses partidos vai abrir o diálogo com o governo:

O líder do governo Célio Boi está ciente do fortalecimento da oposição, porém não crê em travamento dos projetos porque isso impediria o crescimento da cidade:

São seis comissões permanentes no total e duas especiais no total:

– Justiça e Redação (Salek Almeida, do PPS; Orlando Vitoriano, do PT; e Rodrigo Capel, do PV);

– Finanças e Orçamento (Pastor João Gomes, do PRB; Companheiro Sérgio, do DEM; e Márcio Junior, do PV);

– Meio Ambiente, Obras, Serviços Urbanos e Atividades Privadas (Ronaldo Lacerda, do PT; Sérgio Mano, do PSD; e Companheiro Sérgio, O DEM);

– Educação, Cultura,  Esporte, Saúde e Assistência Social (Cicinho, do PT; Albino Cardoso, do PV; e Boquinha, do DEM);

– Políticas Afirmativas (Josa Queiroz, do PT; Salek Almeida, do PPS; e Zé do Bloco, do PV);

– Desenvolvimento Local e Defesa da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte (Ricardo Yoshio, do PRB; Boquinha, do DEM; e Paulo Bezerra, do PV);

– Direitos Humanos e Cidadania (Orlando Vitoriano, do PT; Sérgio Mano, do DEM; Zé do Bloco, do PV; Pretinho, do PPS; e Pastor João Gomes, do PRB);

– Juventude (Cicinho, do PT; Márcio Junior, do PV; Aidair Leonel, do DEM; Talabi Fahel, do PV; e Josa Queiroz, do PT).

Cada vereador pode participar de duas comissões, exceção às especiais (Direitos Humanos e Cidadania e Juventude)

 

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA