MP quer ouvir testemunha do caso Celso Daniel

0
116

 

O assassinato do ex-prefeito de Santo André Celso Daniel, em 2002, continua sendo um tormento para o PT.

Conforme publicado no MBL News, o depoimento de uma nova testemunha do caso pode abrir uma nova linha de investigação pelos promotores do Ministério Público de São Paulo.

A testemunha, o fazendeiro Valter Sâmara, foi amigo íntimo de Lula por 25 anos e afirmou ter entregue ao então candidato à presidência uma gravação com pistas sobre o assassinato de Celso Daniel, que era o coordenador de campanha do Lula à presidência da República nas eleições de 2002.

O Ministério Público deverá ouvir Valter Sâmara nos próximos dias.

Os promotores estão preocupados com o fator tempo, já que o crime está prestes a prescrever.

Justamente agora que surge uma pista que pode abrir uma nova linha de investigação da Operação Lava Jato.

Em entrevista  o fazendeiro disse que entregou uma fita cassete contendo diálogos entre o ex-ministro Gilberto Carvalho e Miriam Belchior – que foi casada com Celso Daniel – com orientações sobre como ela deveria se comportar no período de luto e sobre os supostos repasses de propina, chamados de “pacotinhos”.

Ambos eram secretários da administração petista em Santo André na época do sequestro e assassinato de Celso Daniel.

 

 

Fonte: MBL News

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA