Morando vistoria instalações do Hospital de Urgência

0
366

Com ritmo acelerado, as obras do futuro Hospital de Urgência (HU) de São Bernardo, na região do Centro, foram apresentadas pelo prefeito Orlando Morando, na última sexta-feira (05/10/18).

Um quarto de enfermaria, no quinto andar do hospital (em um formato de showroom) foi montado a fim de apresentar a estrutura do complexo, cuja previsão de entrega é para o primeiro trimestre de 2020.

Com cama, armários, iluminação apropriada, banheiro, ventilação e equipamentos, o quarto ilustrou o padrão a ser seguido nos 38 cômodos do hospital.

O projeto registra 63% das etapas já executadas.

O novo hospital irá substituir o Hospital Pronto Socorro Central (HPSC).

Acompanhado do secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple, e do coordenador Geral da Unidade de Gestão e Projeto (UGP), Luiz Beber, o chefe do Executivo vistoriou todos os andares da construção e apresentou o formato da obra.

“Hoje, estamos comprovando que o trabalho está sendo executado com toda seriedade e excelência. Neste hospital, teremos 38 quatros como este. Alguns com quatro leitos e outros com dois. Além disso, teremos sala de enfermeira e todo estrutura necessária para receber os pacientes. Atualmente, o HPSC tem 107 leitos disponíveis. Mas, quando o HU estiver pronto, serão 250, ou seja, o dobro da capacidade”, explicou Morando.

O responsável pela pasta de Saúde, Dr. Geraldo, enfatizou que além de um pronto atendimento especializado, o HU também está apto para realizar procedimentos cirúrgicos. “Neste hospital, teremos um centro especializado em cirurgias. Com isso, iremos desafogar parte dos procedimentos que são realizados no Hospital de Clínicas e ampliar os atendimentos. Aqui serão realizadas cirurgias de baixa complexidade ou procedimentos de urgência”, comentou.

Investimentos e oportunidades – Além de melhorar a Saúde do município, a construção também está oferecendo mais oportunidades de emprego.

Atualmente, 400 funcionários trabalham diretamente na obra e outros 1.000 profissionais, de forma indireta.

Quando a unidade estiver em funcionamento, cerca de 1.500 colaboradores irão atuar no prédio.

O investimento total da obra é R$ 107,9 milhões.

Homenagem e reconhecimento –  Também nesta sexta-feira, o prefeito se reuniu com os Agentes Comunitários de Saúde e de Controle de Endemias, para celebrar o “21º Dia Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde”.

Um evento foi organizado, pela Secretaria de Saúde, no Centro de Formação de Professores – Cenforpe, para parabenizar os 559 profissionais, que atuam na rede municipal de saúde.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA