Morando leva fechamento da Ford à esfera federal

0
649

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, pautou oficialmente o assunto da Ford com o governo federal, nesta terça-feira (26/02/19).

A reunião foi com o secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec), Carlos da Costa, que estava em agenda oficial no Palácio dos Bandeirantes, na Capital paulista.

No teor, o prefeito destacou sua indignação com o corpo diretivo da montadora, que na semana passada comunicou o fechamento da fábrica na cidade, por meio de nota e sem apresentar ou dialogar plano de desmobilização – situação que atinge os 2.800 funcionários, além dos outros 2.000 diretos.

O encontro foi positivo, uma vez que a receptividade do secretário foi de compreensão em torno da situação dos funcionários, garantindo o compromisso de uma audiência com os representantes da Ford.

“Foi de extrema importância este retorno do secretário, entendendo toda a gravidade em torno do cenário. Enquanto houver condições de brigar e abrir mecanismos para reverter esta situação imposta aos trabalhadores, vamos buscar”, destacou o prefeito Orlando Morando.

Desde a emissão do comunicado da Ford, a Prefeitura de São Bernardo tem se mobilizado para impedir o fechamento da fábrica, pautando iniciativas que abram o diálogo e se efetivem medidas em favor da manutenção dos empregos.

“Agradeço o manifesto do prefeito. Nós (governo federal) temos o compromisso com o emprego, manter, gerar e crescer mais a economia, abrindo mais postos de trabalho com qualidade. Eventualmente uma empresa pode enfrentar dificuldades, tomar suas decisões de economia de mercado. Respeitamos. No entanto, precisa ser feito com responsabilidade. Vamos marcar uma reunião, além dos estudos que já temos feito”, comentou o secretário especial, Carlos da Costa.

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, realizou a audiência com o titular da Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec), acompanhado do secretário de Finanças do município, José Luiz Gavinelli, e do assessor especial de gabinete, Fernando Longo.

Dória diz que tem compradores

O governador de São Paulo, João Dória (PSDB) afirmou aos jornalistas que tem três interessados para a compra da Ford de São Bernardo.

São duas empresas multinacionais e uma brasileira.

Nesta terça-feira (26/02/19) pela manhã funcionários da montadora iniciaram um movimento de boicote à marca e saíram em passeata pelas ruas de São Bernardo.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, o Wagnão, confirmou que terá uma reunião na sede da montadora, em Michigan, Estados Unidos, no dia 7.

 

Foto: Gabriel Inamine/Divulgação PMSBC

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA