Morando autoriza regularização fundiária de imóveis no Grande Alvarenga

0
219

Em curso na cidade desde o início de 2017, o maior programa de regularização fundiária da história de São Bernardo cumpriu neste sábado (15/02/20) mais um importante avanço.

Em dois atos realizados na região do Grande Alvarenga, o prefeito Orlando Morando autorizou o início do processo para individualização das escrituras de 306 imóveis situados no Jardim Santa Mônica e Jardim Recanto dos Pássaros, beneficiando assim 379 famílias que residem na região.

A expectativa é a de que as escrituras dessas residências sejam entregues dentro de 120 dias, sem custo algum aos moradores.

A ação, que faz parte do Programa “A Casa é Minha”, será conduzida pela Secretaria de Habitação que, nas próximas semanas, já irá encaminhar requerimento ao Cartório de Registro para a individualização das escrituras.

Ao todo serão investidos R$ 290 mil nos dois processos de regularização.

“Hoje estamos dando um passo importante para concretizar um sonho antigo de muitas famílias. Com a autorização para regularização fundiária desses imóveis, todos os moradores contemplados passam a ter a certeza que em breve eles terão, em mãos,  a escritura de sua casa própria, dando a segurança jurídica e tranquilidade para todas essas famílias”, afirmou o chefe do Executivo.

A assinatura das duas ordens de serviços foi acompanhada por moradores locais e também pelo secretário de Habitação, João Abutaker e vereadores da base aliada.

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA – Desde o início da atual gestão, cerca de 10 mil moradias foram regularizadas em São Bernardo.

Entre os núcleos beneficiados estão: Jardim Floral, Jardim Jussara, Jardim Lavínia, Vila dos Poetas, Jardim Belas Artes, Vila Mariana, FEI-Mizuho, Conjunto Nova Baeta/Pai Herói, entre outros.

“O Programa A Casa é Minha tem transformado a realidade de muitas famílias. Estamos dando segurança jurídica e dignidade para diversos moradores de São Bernardo”, destacou o secretário de Habitação, João Abukater.

 

Foto: Gabriel Inamine/PMSBC

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA