Marcos Valério envolve Lula no caso Celso Daniel

0
1212
28/03/2016- São Paulo- SP, Brasil- O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa de coletiva à imprensa internacional. Foto: RIcardo Stuckert/ Insituto Lula

Em notícia publicada na revista Veja de abril, o publicitário Marcos Valério promete contar todos os detalhes da chantagem que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vinha sofrendo logo após o assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel, em 18 de janeiro de 2002.

O chantagista seria o empresário Ronan Maria Pinto, que teria dito que iria entregá-lo à Polícia como mentor do crime, ao lado do ex-ministro José Dirceu e do assessor Gilberto de Carvalho, se não pagasse R$ 6  milhões.

O fato teria ocorrido em 2004.

Marcos Valério deu estas declarações à deputada federal Mara Gabrilli, do PSDB, e ainda garantiu que possui provas.

A parlamentar é filha de um dos empresários do setor de transporte que foi extorquido pela quadrilha.

Ela entregou um dossiê ao juiz Sérgio Moro.

O publicitário negocia uma delação premiada com a Justiça de Minas Gerais e Distrito Federal.

A reportagem da revista entrou em contato com Ronan Maria Pinto, que negou a chantagem.

A assessoria de Lula não respondeu ao questionamento.

 

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA