Giancarlo é o único representante brasileiro no Congresso de Dentistas, em Londres

0
251

Especializado em Odontologia Moderna e em Pesquisas pela USP, o dentista Giancarlo foi o único representante brasileiro que participou recentemente do Congresso em Londres, na Inglaterra, onde fez uma palestra sobre as tecnologias  utilizadas pelos profissionais.

Segundo Giancarlo, a Odontologia no Brasil é extremamente avançada para o padrão europeu.

Ele explica que na Europa o futuro profissional estuda Medicina  e depois faz dois anos de especialização em Odonto.

Por aqui, o estudante fica cinco anos focado na Saúde Bucal, por isso acaba sendo mais técnico.

Ao participar do programa Saudade Não tem Idade da última terça-feira ((04/06/19), com o apresentador Tony Carlos, o especialista explicou que há 20 anos fazer um enxerto era algo muito complicado e hoje é comum.

Outra tendência que de alguns anos para cá passou a ser muito utilizada pelos dentistas é o implante.

Giancarlo ressalta que o dente foi feito para ser permanente, exceto o dente-de-leite que naturalmente nasce para ser trocado.

Por ser caro demais ir ao dentista, os antepassados preferiam extrair o dente assim que detectava um problema.

O implante surgiu para substituir o dente perdido, o que na teoria terá que ser permanente.

Porém, alguns especialistas dizem que a duração é de 10 anos.

No entanto, deve ser tratado como qualquer dente natural, com escovação constante, enxaguamentos bucais e visitas frequentes aos consultórios.

E recomenda que não utilize bicarbonatos para clareamento, pois danifica o implante.

 

 

 

Fotos cedidas pelo entrevistado

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA