GCM de Diadema salva criança engasgada

0
196

Estar próxima da população é um dos objetivos da Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema. Hoje, o trabalho da GCM Roberta Pereira dos Santos salvou a vida de uma bebê de 45 dias, na Praça Ubatuba.

Enquanto fazia a ronda pela cidade, avistou uma senhora com um bebê que parecia não estar passando bem.

A bisavó, de 83 anos, quando percebeu que a bisneta estava engasgando, correu para a rua para pedir socorro.

Os guardas pararam a viatura e a GCM socorreu a bebê que engasgava com o leite, virou-a de bruço e fez o procedimento para desengasgá-la, também conhecido como manobra de Heimlich.

Para o inspetor chefe da GCM, Antônio Ricardo Fernandes da Silva, é importante ter uma corporação preparada para atuar em diferentes situações, que envolvam segurança e trabalho humanizado.

“Nas situações em que é necessário atuar com primeiros socorros, podemos minimizar o trauma ou a seqüela causada por ele e estabilizar a vítima até a chegada do atendimento especializado. Na hora do desespero, a primeira referência é o profissional de farda. Essa busca é ratificada quando ele encontra um profissional capaz de atender a essa expectativa”, afirma.

Foto: Thiago Benedetti/Divulgação PMD

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA