Fundação Santo André lança novo modelo de gestão

0
120

Revitalização.

Essa é a palavra-chave utilizada pelo novo reitor da Fundação Santo André e Colégio da Fundação Santo André, Francisco Milreu, em busca de resultados de equilíbrio para as finanças das instituições.

Há dois meses no comando, Milreu vai investir em projetos que abrangem recursos nas áreas de ensino, pesquisa e extensão, além da infraestrutura.

Em entrevista coletiva ocorrida na tarde desta segunda-feira (11/06/18) ele garantiu que o déficit já diminuiu desde que assumiu a reitoria em abril passado.

O reitor disse que encontrou um quadro caótico, com os professores sem receber salários há cinco meses e rescisões não honradas.

A solução foi fazer um acordo com os fornecedores e pagar os professores na data correta.

Os atrasados, no entanto, ficarão para o próximo semestre.

No novo modelo de gestão houve também o realinhamento de funções dos docentes.

O Regime de Tempo Integral foi cortado por ser uma das iniciativas que mais oneraram as finanças da FSA.

Em compensação, a atual gestão criou novas coordenadorias de área: Tecnologia da Informação e Infraestrutura; Recursos Humanos, Manutenção e Infraestrutura; Projetos e Recuperação Econômica e Financeira.

Será aberta licitação para compra de equipamentos de modernização das salas de aula (como projetores de multimídia, telas, computadores e ampliação da rede de wifi) e a instalação de câmeras de segurança.

Entre outros investimentos previstos ainda para este ano, em parceria com entidades e instituições, estão um novo laboratório para capacitação de alunos e a modernização do laboratório de informática.

Para completar o processo de revitalização os alunos veteranos terão aumento de 5% para 20% de desconto nas mensalidades se indicar um novo estudante.

Os calouros terão descontos de até 30% nas mensalidades.

Foto: Divulgação Companhia de Imprensa

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA