FUABC vai continuar na Saúde de Mauá no período de transição

0
891
[DESCRIÇÃO COMPLETA DA PAUTA.] DATA: XX/XX/2012. LOCAL: XXXXXXX/SP FOTO: DU AMORIM/A2FOTOGRAFIA

A Prefeitura de Mauá mudou de idéia e vai permanecer com a Fundação do ABC pelo período de transição.

Na última terça-feira (29/08/18), a administração anunciou que não irá renovar o contrato com a FUABC, que presta serviços no Hospital Nardini e nos equipamentos da Saúde do Município.

No dia seguinte, o governo da prefeita interina Alaíde Damo divulgou que vai lançar concorrência para contratar uma nova empresa.

Porém, enquanto não se define quem irá gerenciar a Saúde, a Prefeitura entrou em acordo com a FUABC para continuar prestando os serviços durante a transição.

Eis a nota oficial:

Em reunião ocorrida nesta quinta-feira (30/08), entre a Secretaria de Saúde de Mauá e a FUABC (Fundação do ABC), foi encaminhada uma resolução conjunta para a transição da saída da FUABC, que administra os serviços de Saúde na cidade. Posteriormente, o secretário municipal de Saúde, Marcelo Lima Barcellos de Mello, reuniu-se com o Procurador Geral do Município e o Ministério Público Estadual, onde fora sugerido a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta Procedimental com o mesmo intuito, ou seja, a elaboração de um plano de transição, em conjunto com a FUABC, para a nova contratada. Assim, a FUABC permanecerá prestando o serviço na rede pública de Saúde da cidade até que esse procedimento seja finalizado.

O processo de contratação emergencial de nova entidade já está em andamento e, em breve, ocorrerá a transição.

A Prefeitura de Mauá informa ainda que contratará a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) para auditar as prestações de contas e constatar o real montante do débito existente com a FUABC. Essa medida já foi comunicada a Fundação do ABC, para posterior tratamento da dívida.

Todas as medidas visam garantir a transparência da gestão e o atendimento à população que depende dos serviços de saúde do município.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA