Consórcio tenta emplacar patrulhamento aéreo para GCMs

0
636

O ABC pode ser a primeira região a adotar o patrulhamento aéreo para as Guardas Civis Municipais.

O helicóptero vai ajudar também o resgate aeromédico, semelhante ao sistema utilizado no Hospital de Clínicas em São Bernardo e no Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André.

Normalmente a equipe de resgate é composta pelo piloto, co-piloto, um médico e um paramédico ou enfermeiro.

Guardas civis municipais seriam treinados pela Polícia para o novo ofício.

A idéia foi deliberada na assembleia mensal dos prefeitos, nesta terça-feira (05/06/18), e será encaminhada para o GT Segurança avaliar a implantação, de acordo com o presidente do Consórcio e prefeito de São Bernardo, Orlando Morando:

 

 

Tecnicamente a região tem vocação, pois possui um vasto território, indústrias e apresenta constantemente problemas de violência e mobilidade urbana.

A estimativa de investimento é de R$ 300 mil mensais, incluindo salário de piloto e aluguel de hangar.

 

Aluguel Social

A retomada do convênio com o Governo do Estado para custear 50% do valor do auxílio aluguel das famílias removidas das áreas de risco na região  foi debatida na reunião dos prefeitos no Consórcio Intermunicipal.

O convênio precisa ser firmado até 6 de julho, pois o Código Eleitoral determina que, nos três meses que antecedem eleições, é vedada a realização de transferência voluntária de recursos do Estados aos municípios e aos consórcios públicos.

“Temos o levantamento atualizado da população nesta situação, feito pelas secretarias municipais de Desenvolvimento Social, e estamos fornecendo ao Governo do Estado”, explicou Morando.

Segundo o levantamento atualizado, o número de famílias a serem removidas é de 225 em Santo André, 58 em São Bernardo, 80 em Mauá, 18 em Ribeirão Pires e 9 em Rio Grande da Serra.

 

ENAP

A pauta da reunião também incluiu o anúncio do convênio que será firmado entre o Consórcio e a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), vinculada ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, com o objetivo de disponibilizar cursos gratuitos para servidores públicos.

A parceria foi articulada por meio do escritório da entidade regional em Brasília. “Está é mais uma conquista importante, pois vai possibilitar o aperfeiçoamento tanto dos funcionários do Consórcio quanto dos servidores das prefeituras”, afirmou Morando.

Foto: Divulgação Consórcio

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA