Consórcio propõe descentralizar a distribuição dos medicamentos de alto custo na região

0
779


O Consórcio Intermunicipal Grande ABC discutiu, nesta terça-feira, propostas para a distribuição descentralizada de medicamentos de alto custo na região.

 

O tema foi apresentado pelos sete secretários municipais de Saúde a representantes do governo estadual durante a reunião da Comissão Intergestores Regional (CIR), realizada na sede da entidade regional.

 

Em uma das propostas, com logística mensal, os municípios receberiam os medicamentos em centros de distribuição localizados em Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema e Mauá, sendo que esta última faria o repasse a Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

 

Nesta proposição, os municípios solicitariam subsídio estadual para custeio de despesas de armazenagem, logística e segurança.

 

 

Em outra proposição, com logística diária, cada cidade receberia pacotes de medicamentos provenientes da central de distribuição estadual, separados por paciente, e se encarregaria da entrega individualizada aos munícipes.

 

Como resultado da reunião, conduzida pela diretora do Departamento Regional de Saúde (DRS 1) de São Paulo, Vânia Soares Azevedo Tardelli, o Consórcio e o Estado vão analisar os custos da operação de cada uma das propostas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA