Consórcio estima formar 385 novos GCMs em 2020

0
222

Balanço apresentado pelo Grupo de Trabalho (GT) Segurança Pública do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, apresentado na reunião desta quinta-feira (10/10/19), aponta que o Centro Regional de Formação em Segurança Urbana (CRFSU), mantido pela entidade regional, prevê formar 385 novos guardas civis municipais (GCMs) em 2020 para atuação na região.

O número equivale a acréscimo de quase 15% ao efetivo atual das guardas das sete cidades.

“Fizemos o planejamento para o próximo ano para formação e atualização, de forma a atender as necessidades das corporações da nossa região. Consideramos as contratações previstas pelos municípios e também os atuais efetivos. Estamos trabalhando de forma regional para que as corporações tenham uma formação única, atuando em benefício do Grande ABC”, afirmou o coordenador do GT e secretário de Segurança Cidadã de Santo André, Edson Sardano.

A reunião do GT Segurança Pública também discutiu a ampliação do Centro Regional de Formação, que hoje tem sede em São Bernardo.

A ideia é que a academia de formação e treinamento da GCM de Santo André, que possui quadra poliesportiva e estande de tiro moderno, também passe a ser regional, ampliando a capacidade do equipamento mantido pelo Consórcio ABC.

Atualmente, o projeto passa por estudos e levantamento de custos.

Pioneiro do gênero em caráter regional no país, o Centro de Formação do Consórcio ABC tem como objetivo integrar as ações das GCMs, seguindo os princípios da Política Nacional de Segurança Pública.

A unidade oferece cursos de ingresso na corporação, formação continuada, ascensão na carreira e especialização.

O objetivo do CRFSU é proporcionar uma formação de caráter integral e humanizado não apenas para os guardas civis, mas também para profissionais de áreas como defesa civil e trânsito.

Inaugurado em 2015, o Centro Regional já formou turmas de guardas de Diadema, São Caetano e Mauá.

Atualmente, o equipamento realiza o curso de ingresso da primeira turma de agentes municipais de segurança de Rio Grande da Serra.

 

Foto: Divulgação Consórcio

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA