Consórcio descarta atendimento médico com helicóptero

0
111

O GT Segurança do Consórcio Intermunicipal Grande ABC deu parecer favorável para contratação de um helicóptero para a Guarda Civil Municipal dos seis municípios conveniados.

Porém, foi descartado o atendimento para a Saúde, porque atenderia apenas dois hospitais: Hospital de Clínicas de São Bernardo e Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André.

Os dois equipamentos de saúde são os únicos com helipontos para receber as aeronaves com pacientes.

Segundo o prefeito de São Bernardo e presidente do Consórcio, Orlando Morando, sem o atendimento aero-médico o custo – inicialmente estimado em R$ 300 mil por mês –terá uma redução de 35%.

A licitação será lançada em agosto.

Entre as exigências para contratação estarão: que seja uma aeronave caracterizada com o símbolo do Consórcio e uso de pelo menos 35horas/mês.

Vencerá a empresa que apresentar melhor proposta com menor preço.

 

Foto: Divulgação Consórcio

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA